Digita e apaga

[ad#admin]

Pensei em mil e um temas para escrever, geralmente escrevo melhor quando me sinto chateada, revoltada ou muito triste.

Hoje não me sinto assim, apesar de confusa, deslocada, desleixada e sem conseguir tomar boas decisões…

Mas após tanto digitar e apagar o que me acendeu o fogo para escrever foi a nossa necessidade de tudo.. Não adianta negar, somos sedentos por tudo, precisamos de experiencias boas e más, necessitamos de atenção, mas também daquele silencio que nem mesmo o grilo pode atrapalhar, tem dias que precisamos da chuva, do vento, do carro passando pela poça de água e te molhando enquanto andava pela calçada ou então precisamos do sol cuiabano aquele que de tão quente permite desmaios diários, gotas escorridas pelas costas e uma cara de quem só precisaria da chuva torrencial.

Somos a complexidade em pessoa. Até a pessoa mais simples sabe ser complexa só pelo fato de ser simples… Deixando para atras pessoas como eu que não conseguem entender porque tanta simplicidade em uma pessoa só. Faço escarcéu, grito, danço, sorriu ou choro, me descabelo e tento as vezes acabar com tudo…

Complexa e intensa, eu sou assim, e você? Enquanto eu necessito de tranquilidade, talvez você necessite de agito, chacoalho, ACORDA.

“A poesia prevalece”… Não sei escrever poesias, porém ela prevalece, acredito que tudo que prevalece é necessário.

Necessito então de um abraço forte, por mais que o significado do amor tenha sido banido o amor prevalece… e descobri a pouco tempo que nem eu sabia o que era amor.

Sentimentos prevalecem, homo sapiens carente, sabe ser o pior e o melhor animal da face da terra. Todos animais sabem ser meigos e carentes mas só nós sabemos ser maus.

Dentre tantos sentimento o mais importante surge, o MEDO, ele te desafia e também te salva. Por medo de sofrer você não arrisca, por medo de arriscar você não cogita, por medo de cogitar você nem pensa, por medo de pensar você não sente mais medo…

E neste todo movimento, digitar, pensar, escrever sem pensar e apagar, fico por aqui.

[ad#admin]

Author: Gi

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *