As Crianças no Divórcio

[ad#admin]
Noutro dia alguém publicou sobre o sofrimento das crianças num divórcio …
Será?  Ora vejamos três situações que conheço muito próximas, ocorridas recentemente.

  • A mãe depois de muito pensar, em como iria explicar ao filhote de 9 anos, a separação que estava eminente, encheu-se de coragem e falou o mais responsável possível, para não chocar a criancinha… ela respondeu:

– Oh mãe, isso acontece todos os dias, vocês não são os primeiros e não vão ser os últimos de certeza.

  • A Maria de apenas 4 anos, perguntou:

– Oh Tia, se tu não é mãe da Joana, não és tia… então o que és? 
– Eu sou madrasta. 
– Madrasta??!!! (a Maria deve-se ter lembrado dos Contos de madrastas más e a tia explicou) 
– Sim quando eu casei com o tio Mané, ele já tinha sido casado com outra senhora e nasceu a Joana, agora ele casou comigo e eu sou a madrasta. 
– A sério? Então, a mamã é madrasta do mano? Pois… o papá antes de casar com a mamã, era casado com a Matilde e nasceu o mano.

  • Estava eu na sala de uns amigos, quando rebentou uma forte discussão, o Pedro de 9 anos, desata a correr e esconde-se no quarto, eu, como o assunto não era comigo, fui atrás do Pedro, quando lá cheguei o coitado chorava e tremia desconsolado, abracei-o e ele disse-me entre lágrimas e soluços;

– Isto só acaba quando eu morrer! 

Apeteceu-me chorar com ele, contive-me e expliquei que isso não resolvia nada, os papás gostavam muito dele, o problema era com eles os dois.
As crianças hoje, são meninos especiais, vocês têm a prova disso todos os dias, perante comentários e atitudes fora do comum, nós quando éramos pequenos éramos pequenos, com todas as vertentes de criança, hoje eles são “pequenos adultos” e só não entendem aquilo que nós acreditamos não entenderem…

 

Façam um favor a vós mesmos… 

Sejam Felizes e não culpem as criancinhas, pela vossa falta de coragem em sair da zona de conforto.

[ad#admin]

Author: Estela Lapa

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *