As principais despesas correntes de um clube de futebol

[ad#admin]

O futebol moderno, altamente profissionalizado, é visto não só como um desporto como também por um mundo de negócios e investimentos cada vez mais poderosos. Assim, investir num clube de futebol profissional implica movimentar milhões, assumindo riscos consideráveis. No contexto desses investimentos, as despesas fixas, ou ordinárias, atingem níveis muito elevados, principalmente no que respeita a vencimentos. Neste artigo enunciamos 7 dos principais itens de despesas correntes num clube de futebol.

 

1. Vencimentos de jogadores

É reconhecido por todos quantos acompanham o fenómeno desportivo que os salários de jogadores estão inflacionados. No entanto, é sabido também que noutros desportos se praticam salários ainda mais elevados. Por isso, muitos analistas observam este fenómeno sob um outro prisma: o das disparidades entre os diversos escalões; na verdade, é enorme a diferença de vencimento entre uma estrela de alto nível e um jogador profissional de escalões intermédios ou atuando em campeonatos menos mediáticos. Isso também significa o facto de jogarem uns em detrimento de outros, apesar de nem sempre a equipa mais forte ou mais bem cotada nas casas de apostas vencer a equipa que é teoricamente mais fraca. Nuns ou outros casos, a verdade é que a verba destinada a vencimentos é o item mais significativo do orçamento de qualquer clube.

2. Vencimentos de equipas técnicas e outro pessoal de apoio

Os atletas constituem uma minoria de entre os recursos humanos de qualquer clube. Numa agremiação de média ou grande dimensão há numerosos departamentos, cujo pessoal é remunerado. Falamos, por exemplo, das equipas médicas, com médicos especialistas, massagistas e outros técnicos de saúde; psicólogos que garantem o apoio aos jogadores no aspeto da motivação e da capacidade de enfrentar a competitividade desportiva; nutricionistas, com apoio de pessoal especializado numa alimentação correta, como cozinheiros e ajudantes de cozinha; departamento de prospeção, responsável pela seleção de reforços; departamento de observação de jogos, etc.

3. Manutenção de instalações

Os estádios, campos de treino, pavilhões, pistas, piscinas, etc. são normalmente alvo de grandes investimentos, não só aquando da construção mas em toda a manutenção permanente de que carecem. O simples tratamento da relva, por exemplo, envolve despesas consideráveis ao longo de toda a época.

4. Outros encargos financeiros decorrentes de contratos com pessoal

Seguros (aquando de uma lesão de grande duração o clube pode ser indemnizado pela seguradora mas esses prémios de seguro são, normalmente, muito avultados), comissões resultantes de transferências de jogadores, pagamentos obrigatórios à segurança social, etc.

5. Impostos

Dependendo do esquema fiscal de cada país, estas verbas são também muito avultadas e aplicam-se a numerosas situações, desde uma percentagem de qualquer transação de compra ou venda de passes de atletas até ao imposto de rendimentos do mais simples funcionário do clube.

6. Juros, amortizações e outros encargos financeiros decorrentes do crédito

Este é o tipo de despesa que nenhum clube gosta de ter mas é, cada vez mais, uma realidade no futebol atual de alto nível; muitas vezes os clubes veem-se forçados a obter empréstimos para pagar outros empréstimos e outras vezes têm de recorrer a encaixes extraordinários, como a venda de jogadores, simplesmente para pagar juros de dívidas ou para amortizar empréstimos que se tornam incomportáveis.

7. Despesas correntes

Finalmente, as despesas que qualquer instituição, mesmo familiar, tem e às quais não pode escapar: transportes, serviços telefónicos, de internet, de eletricidade, água, gás, etc. Obviamente os clubes têm faturas mensais muito avultadas nestes domínios.

[ad#admin]

Author: LuisEsteves

Apaixonado por jogos de casino e por apostas online, no futebol é adepto de dos melhores clubes de topo, como por exemplo o Benfica, Porto ou Sporting, entre outros colossos europeus.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *