Um dos principais difusores da dieta alcalina no Brasil fala sobre os benefícios da alimentação livre de ácidos

Uma dieta desequilibrada e com excesso de toxinas causa grandes danos à saúde. Contra esse tipo de alimentação, muito presente na rotina do homem moderno, cientistas, médicos e nutricionistas estão…

 

Uma dieta desequilibrada e com excesso de toxinas causa grandes danos à saúde. Contra esse tipo de alimentação, muito presente na rotina do homem moderno, cientistas, médicos e nutricionistas estão incentivando cada vez mais a dieta alcalina – que se baseia no consumo de alimentos que mantenham o pH do corpo equilibrado (entre 7 e 7,5) e livre de ácidos.

Daniel Rocha, 36 anos, é tradutor, intérprete, professor de inglês e grande difusor da dieta alcalina aqui no Brasil. Depois de notar o ponteiro da balança chegar aos 147 kg, Daniel decidiu em 2012 que não queria mais levar aquele estilo de vida e encontrou na alimentação vegana e crua a oportunidade para sua grande mudança.

Dado o primeiro passo, Daniel perdeu mais de 70 kg em um ano e meio, controlou doenças sem o uso de medicamentos, redescobriu sua vitalidade e hoje de sente muito bem fisicamente. Em entrevista exclusiva à ANDA ele conversa sobre esse processo de mudança, os benefícios da dieta alcalina e sua relação com o amor e respeito aos animais.

Dieta alcalina Brasil

ANDA – Você fala muito sobre o ser humano “se permitir” experimentar novas experiências, ou seja, precisamos desejar e permitir a mudança para que ela de fato ocorra. Qual foi o fator determinante para sua mudança?

Daniel Rocha – O fator determinante foi quando percebi que tudo está trocado, que temos como valores de vida coisas materiais. Quando me libertei de coisas como futebol e TV me sobrou muito mais tempo para me informar, pesquisar e aplicar em minha vida aquilo que descobria a cada dia.

ANDA –  Somos seres alcalinos (livres de toxinas) por natureza, mas ao longo de nossa vida, principalmente nos dias atuais, o homem adota uma dieta alimentar baseada na proteína animal, no amido e no açúcar. Quais são os maiores prejuízos dessa alimentação?

Daniel Rocha – A alimentação ácida acelera o envelhecimento do organismo e nossa imunidade fica completamente baixa, nos deixando então vulneráveis a diversas doenças.

ANDA-  É verdade que a dieta alcalina só deve ser feita com o acompanhamento de um médico ou nutricionista?

Daniel Rocha – No Brasil ainda não há muitos profissionais com esse conhecimento, ele é pouco difundido entre médicos e nutricionistas daqui. É interessante que o paciente realize exames com o objetivo de acompanhar seu tratamento e saber como está o funcionamento de seu organismo, mas não há nenhum grande risco em seguir uma dieta alcalina. O importante é ter informação de sobra antes de começá-la, como quais alimentos são indicados, seus benefícios, entre outros.

 ANDA – Você diz que conseguiu se recuperar de doenças conhecidas como “incuráveis” pela medicina. Quais foram elas e como foi esse processo de cura?

Daniel Rocha – Reverti diabetes tipo 2 e hipertensão, ambas diagnosticadas como crônicas. Já fazia uso de medicamentos há mais de cinco anos e comecei a mudar alguns hábitos quando percebi que não apresentava nenhuma melhora nos quadros clínicos. Comecei a dieta alcalina, incluindo a água alcalina ionizada, e rapidamente notei uma grande melhora em meu estado de saúde como um todo e tive que me acostumar com um nível de energia e vigor que nunca imaginei existir (risos).

 ANDA – Em seus seminários e palestras você aborda a perda de 70kg como umas das consequências positivas dessa mudança. A alimentação foi a única responsável pela diferença no peso ou tomou outra medida que o auxiliou nessa conquista?

Daniel Rocha – Eu gosto de mostrar que existem coisas simples que fazemos com nosso corpo que são muito mais efetivas do que os exercícios tradicionais. Atividades que mexem com o peso do corpo, como yoga, pilates e ginástica funcional, trazem resultados mais rápidos e permanentes ao corpo e à saúde.

ANDA – O que a dieta alcalina proporciona ao corpo?

Daniel Rocha – Elimina do organismo impurezas causadoras da obesidade, pressão alta, colesterol alto, açúcar elevado no sangue, pedras nos rins, bem como a melhora de todos os parâmetros de vitalidade.

ANDA –  Em seus trabalhos você relaciona a dieta alcalina também como forma de respeito e amor aos animais? Como é a receptividade das pessoas com essa questão?

Daniel Rocha – Gosto de mostrar que nosso descontrole emocional possui uma ligação direta à cultura alimentar ditada pela indústria, uma alimentação 100% baseada no amido, açúcar e proteína animal.

Quando adotamos uma alimentação alcalina, adotamos também uma atitude constituída de sentimentos de amor, confiança, paciência e paz, que se transmite também aos animais.

Percebo muita receptividade nas pessoas principalmente quando falo das questões de alinhamento espiritual, que sempre será influenciado pelo sangue derramado no abate dos animais para consumo.

ANDA- Como enxerga o trabalho da ANDA para a sociedade?

Daniel Rocha – Extremamente necessário para mostrar valores e parâmetros de vida comuns a todos os seres vivos. Chegamos a um estado de destruição do planeta por não nos questionarmos em nada e sinto a necessidade de participarmos cada vez mais de projetos como a ANDA, pois podemos ser úteis ao planeta e suas formas de vida.

Saiba Mais sobre a Dieta Alcalina AQUI

 

Fonte: anda.jor.br/2013/12/principais-difusores-dieta-alcalina-brasil-fala-beneficios-alimentacao-livre-acidos/

Author: admin

Administrador do "Tema-Livre"

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*