Só Faixas Exclusivas Não Resolvem!

Como usuário de transporte público, principalmente de ônibus, fiquei muito contente ao ver que na Cidade de São Paulo, começou-se a prestigiar, com a implementação de faixas exclusivas para os ônibus. Já não bastasse termos que sofrer com a superlotação desse meio de tranporte, éramos obrigados a perder grande parte de nosso tempo em viagens que demoravam eternidade.

A cada semana são inaugurados novos quilômetros de faixas exclusivas, já atingimos 275 Km, e a meta da da Prefeitura é chegar aos 300 Km no ano de 2013, superando até a meta inicial, proposta pelo Prefeito Fernando Haddad.

A Prefeitura de São Paulo apresentou pesquisas feitas com os passageiros de meio de locomoção após a implantação de faixas exclusivas para ônibus, e teve uma esmagadora aprovação, principalmente em relação ao tempo da viagem.

A medida de se priorizar o transporte público em relação ao individual é mais que uma obrigação para um bom administrador público. Porém ainda não conseguiu convencer quem utiliza o carro para ir trabalhar, mesmo com um espaço destinado aos ônibus, a oferta do mesmo continua estagnada.

Já que existe faixas exclusivas e o tempo de viagem diminuiu, os responsáveis, seja Poder Público, empresas de ônibus, têm que aumentar a demanda de coletivos, pois quando um motorista de carro ver passar rápido  ao teu lado um ônibus, que não esteja transbordando de passageiros, aí sim ele se sentirá estimulado a mudar a forma de se locomover na Maior Cidade do Brasil.

 

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *