Pintando o chão com tinta epóxi, quais os cuidados?

[ad#admin]

Famosa no segmento industrial, a tinta epóxi vem ganhando espaço na pintura de chão de residências. O motivo? Ela é ultrarresistente e traz diversos benefícios para o lar, além de deixá-lo mais bonito.

A tinta epóxi possui poder anticorrosivo e baixo desgaste, o que representa um ótimo investimento em longo prazo, já que diminui a necessidade de retoques ou a frequência de pintura do piso da casa.

Esse tipo de tinta também tem excelente aderência ao piso e resistência a água e umidade, diminuindo as chances de desenvolver proliferações de mofo ou até mesmo infiltrações, de modo a manter o chão sempre belo.

Após totalmente seca, a tinta epóxi é fácil de ser higienizada, não exigindo muito esforço ou produtos específicos para esse fim, o que torna a limpeza do piso da residência mais descomplicado e ágil.

Além disso, a tinta epóxi, que está disponível numa vasta gama de cores, possui acabamento brilhante, detalhe que acaba por conferir muito mais charme e elegância à decoração do ambiente.

Depois de conhecer todos esses benefícios, ficou com vontade de investir na pintura com tinta epóxi no chão da sua casa? Não há muitos segredos! O primeiro passo é escolher as cores que serão utilizadas no piso, comprando-as de acordo com a metragem da área, para evitar faltas ou desperdícios.

Em seguida, é fundamental verificar com cuidado o piso. Certifique-se de nivelá-lo tapando imperfeições e rachaduras. Além disso, é essencial que o chão esteja limpo e totalmente seco, por isso identifique e elimine eventuais infiltrações, para garantir um melhor resultado.

Na hora de aplicar a tinta epóxi, atente as instruções do fabricante do produto, sobretudo na hora de diluí-lo, seguindo as orientações do rótulo para assegurar a qualidade do material e a melhor cobertura.

A tinta epóxi, que pode ser aplicada em superfícies como concreto, azulejos, madeiras e reboco, deve ser passada com pincel, rolo de lã, revólver ou spray de pintura, itens que são facilmente encontrados em lojas de tinta.

Não se esqueça de garantir a limpeza de rodapés e pincéis. Terminada a pintura, é interessante usar produtos específicos, como os removedores, que promovem uma limpeza profunda do rodapé e pincel utilizado.

[ad#admin]

Author: Joana.Marques

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *