Equipamentos médicos – incubadora neonatal

[ad#admin]

Os avanços modernos em relação ao conhecimento e à tecnologia médica possibilitaram o aumento significativo da taxa de sobrevivência tanto dos recém-nascidos como de suas mães após o parto. Essa grande redução foi uma das causas que possibilitou que hoje as mulheres tenham menos filhos do que suas avós. No passado, era comum que uma família tivesse muitos filhos, pois a expectativa era que apenas alguns deles chegassem à vida adulta. Um dos equipamentos que possibilitou a sobrevivência de bebês, que de outra forma estariam condenados à morte, foi a incubadora neonatal.

A neonatologia, que é a ciência que trata dos bebês recém-nascidos, é de origem francesa. Foi apenas no fim do século XIX que um funcionário do zoológico de Paris teria desenvolvido um equipamento semelhante a uma chocadeira de ovos de galinha a pedido do médico obstetra Francês Étienne Stéphane Tarnier. Essa incubadora teria ajudado a reduzir muito a taxa de mortalidade das crianças após o parto. A partir de então data o início e a evolução daincubadora neonatal.

Todos os recém-nascidos são bastante vulneráveis a infecções e doenças, entretanto, os bebês prematuros são particularmente desprotegidos, e há uma probabilidade muito maior de que tenham muitos problemas. Dessa forma, a incubadora neonatal foi projetada para fornecer um ambiente onde os bebês prematuros pudessem ser mantidos protegidos e livres de infecções. Assim, essas crianças podem sobreviver e se desenvolver como uma criança que tenha nascido após o tempo completo de gestação. As incubadoras também são utilizadas para bebês que apresentem determinados problemas médicos.

A incubadora é um ambiente fechado, que serve para uma série de funções – proteger o bebê contra o frio, calor e microorganismos do ambiente externo. A regulação da temperatura em bebês prematuros é de fundamental importância, pois seus organismos ainda não estão preparados para fazer isso. A câmara também pode ser abastecida com oxigênio ou umidade, dependendo das necessidades da criança.
Além disso, esse equipamento também pode ser equipado com diversos aparelhos de monitoramento, permitindo que os médicos e enfermeiras observem e registrem os batimentos cardíacos, respiração, temperatura e outros indicadores para acompanhar a condição e o progresso do bebê.

A venda de incubadoras neonatais é feita por empresas especializadas que atendem os requisitos de padrão de segurança e qualidade. Os hospitais e clínicas geralmente trabalham com um limitado número de fabricantes e fornecedores em que confiam e que tenham apresentado os certificados e evidências de autenticidade adequados.

[ad#admin]

Author: Maria Creuza

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *