Elimine o ácido úrico das articulações com esta receita natural!

Este remédio caseiro é excelente para combater e eliminar o ácido úrico. O ácido úrico é uma substância natural produzida pelo nosso corpo, mas o seu excesso é prejudicial. E como consequência das elevadas taxas de ácido úrico, pequenos cristais de urato de sódio se fixam sobre a pele, rins e articulações.

Nas articulações, os pacientes acabam desenvolvendo dores terríveis de artrite, que atingem principalmente membros inferiores, como joelhos, tornozelos e dedos do pé.

Para tratar e prevenir o ácido úrico, deve ter alguns cuidados, como:

  • Evitar o excesso de actividade física
  • Beber bastante água para hidratar o corpo
  • Evitar alimentos ricos em purina – uma proteína muito fácil de ser encontrada – como carne vermelha, frutos do mar…
  • Acrescentar leite e derivados à dieta
  • Consumir alimentos naturais para controlar o excesso de gordura no corpo
  • Evitar bebidas alcoólicas

Além de todas estas dicas, pode preparar esta receita maravilhosa que se segue. O pepino é a base da receita.

sumo_eliminar_acido_urico

Caso não saiba, o sumo de pepino tem o poder de baixar a temperatura do corpo, deixá-lo mais alcalino e ainda eliminar os cristais de ácido úrico nas articulações.

Os ingredientes desta receita trabalham bem juntos e removem as toxinas do organismo com facilidade.

Se você sentir uma dor leve após consumir a receita, não se preocupe: é sinal de que está a fazer efeito.

Ingredientes

  • 1 pepino médio
  • 2 talos de aipo (salsão)
  • 1 fatia de limão
  • 1 pedaço de gengibre do tamanho de 3 cm

Modo de preparação

  • Lave todos os ingredientes.
  • Em seguida, corte o pepino e aipo em fatias.
  • Rale o gengibre.
  • Corte um limão pela metade e use apenas uma parte com a casca.
  • Em seguida, misture todos os ingredientes e leve ao liquidificador até ficar um delicioso sumo.
  • Beba uma ou duas vezes por dia até que veja melhoras.

 

Fonte: curapelanatureza

Author: admin

Administrador do "Tema-Livre"

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*