Compensa alugar móveis para empresas?

A alguns anos a modalidade de aluguel de mesas e cadeiras vem tomando força, notadamente nos grandes centros, principalmente São Paulo e o Rio de Janeiro.

Dentro desse contexto, várias empresas – principalmente empresas em início de atividades, vem se questionando se é vantajoso e quais aspectos devem ser considerados no aluguel de móveis.

Principais aspectos na locação de moveis para empresas e escritórios

Historicamente o aluguel de mesasaluguel de cadeiras e aluguel de todo tipo de mobiliários, esteve associado ao mercado de eventos.

Mas em uma análise mais detalhada, muitas pessoas esquecem de ver o cenário de locação de móveis, sob uma outra perspetiva – vejamos os principais:

1. Você deve levar a locação de móveis se a ainda não tem certeza de como será o andamento do seu negócio – se as bases de desenvolvimento e evolução ainda não estão definidas. Sabidamente, empresas em fase inicial de suas atividades, irão passar por muitas mudanças e alterações – sob todos os aspectos até conseguirem uma certa estabilidade. 

Nesse contexto, investir em móveis que fatalmente irão degradar com constantes montagens e desmontagens, mudanças de endereço, mudanças de sala e tantas outras possibilidades.

2. Além dos aspectos citados no item anterior, deve se levar em conta, que a aquisição de mobiliários – e todos o valor investido não irá impactar no fluxo de caixa da empresa. Até porquê como vimos, esse investimento rapidamente poderá trazer prejuízos – visto que é bastante provável a sua degradação.

3. Outro fator fundamental que deve ser levado em consideração é o tempo! Sim, o tempo do empresário ou de seus colaboradores – pois escolher novos mobiliários tem os aspectos de tempo em cada loja, deslocamentos, negociações com cada possível fornecedor e não podemos deixar de lembrar dos prazos de entrega – pois na maior parte do tempo, as lojas trabalham com mostruários, e o prazo de entrega pode levar meses.

Em contrapartida porém, na locação de móveis em muitos casos, o escritório estará totalmente mobiliado em até 48 horas – estando operacional para que a empresa possa iniciar suas atividades de forma rápida e eficiente.

4. Mais um item que deve ser considerado é adaptar o fluxo de pagamentos ou o aluguel mensal à realidade operacional que a empresa está efetivamente vivenciando.

Em uma locação a empresa tem a liberdade de devolver mobiliários que não estejam em utilização, diminuindo dessa forma o valor efetivamente pago. Por outro lado, a empresa passa a atuar dentro de um padrão de somente pagar por aquilo que efetivamente ela utiliza – padrão esse aliás, bastante utilizado nos Estados Unidos, notadamente no Vale do Silício, em função das milhares de startups que ano a ano, iniciam suas atividades.

5. Outros aspectos que devem ser levados em conta, dizem respeito aos aspectos operacionais – onde em caso de mudança: a empresa locadora irá retirar os móveis e colocá-los no novo endereço – montando a nova sede.

Outro aspecto a ser lembrado, é que em função da disponibilidade e velocidade de entrega – novos ambientes podem ser montados, muitas vezes em questão de horas, tais como: salas de reunião, salas de recepção, áreas de call center e várias outras opções.

Por todos esses aspectos, cada vez mais empresas vem não só analisando, mas adotando a locação de móveis como uma alternativa factível para a operação de seus negócios.

Author: Emanuel Carvalho

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*