Como funciona o consórcio de carros usados e seminovos no Brasil

Saiba mais sobre o consórcio, uma modalidade de compras muito popular no Brasil, comumente usada para comprar carros e imóveis.

O que é consórcio?
Muita gente não sabe, mas “consórcios de de carros” são uma invenção brasileira, que remonta à década de 60 e depois foi disseminada para vários países. Sua ideia central é bem simples: reunir um grupo de pessoas que tenha o mesmo propósito de consumo.

Assim, o consórcio (em consórcio, em inglês) nada mais é do que um grupo de pessoas (pessoas físicas ou jurídicas) unidas por seu interesse comum em comprar um bem durável, como um carro ou um apartamento.

O perfil típico de um parceiro de consórcio é alguém interessado em um determinado bem, mas sem a necessidade imediata de tê-lo. Além disso, requer que o jogador tenha algum dinheiro extra. Este grupo deve ser gerenciado por uma empresa especializada que será responsável por tornar toda a operação do consórcio possível. E para isso, essa empresa cobra uma taxa de administração de todos os jogadores.

O Banco Central do Brasil é a autoridade competente que cuida de todos os assuntos relacionados ao Sistema de Consórcios no país, incluindo a inspeção e supervisão das empresas administradoras. Há uma série de requisitos que as empresas devem cumprir para operar.

Para verificar se uma determinada empresa administradora conta com a permissão do BC para operar, acesse a Associação Brasileira de Administradores de Consórcios, a Abac (Associação Brasileira de Administradores do Consórcio) ou o site do BC.

Como funciona?
É assim: o administrador da empresa divide o preço do bem em questão em um grande número de parcelas, a ser pago pelos sócios de todos os consorciados todos os meses. Esse dinheiro é acumulado como uma economia comum. O administrador faz essa divisão de modo a possibilitar a compra de uma ou mais unidades do bem do consórcio por mês.

Então, o administrador contempla um ou mais parceiros do consórcio (escolhidos através de sorteio) com uma carta de crédito, que possibilita ao comprador comprar o bem em dinheiro, evitando juros, presentes em um plano de financiamento, por exemplo.

Além dos sorteios, a maioria dos planos do consórcio permite que os jogadores ofereçam ofertas para antecipar certo número de parcelas. Quem der o lance mais alto, leva a carta de crédito.

Um plano de consórcio é melhor que um plano de financiamento?
Em termos de valor das prestações, sim, como o administrador lucra com a taxa cobrada sobre o valor da carta de crédito. Por exemplo: se você se inscrever para um plano de consórcio de 100 meses para adquirir uma carta de crédito de cem mil reais, com uma taxa de administração de 20%, pagará parcelas de BRL 1200.

Parece muito, mas na verdade isso é um mecanismo muito mais econômico do que um plano financeiro que cobra juros de 1% ao mês, por exemplo. Se você optar por um desses planos financeiros por cem meses, pagará parcelas de BRL 1571.

No entanto, com o plano financeiro, você pode aproveitar o bem a partir do momento em que o assina, diferentemente do consórcio.

Fonte: https://seuconsorcionacional.info/

Author: hudson29

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*