BENEFÍCIOS DA ÁGUA COM pH ALCALINO: Saúde ou doença, você decide

Bernardo F. da Cruz Neto
Pesquisador do Instituto Federal da Bahia. Coordenador da Área de Conhecimento Manutenção – DTMM.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA

Resumo

A má qualidade da água ingerida pelos habitantes dos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento é algo que vem preocupando a comunidade científica.

A imunidade das pessoas está diretamente ligada ao pH corporal e do sangue, o qual promove ou elimina ambientes propícios para o convívio e reprodução de microrganismos, principalmente aqueles responsáveis pelas doenças degenerativas e crônicas como a gastrite, úlceras, esofagites, refluxo, doenças tumorais, câncer, etc.

A água das torneiras possui pH entre 4,5 e 6,0 dependendo da região urbana e nenhum Purificador de água corrige esse pH para 7,4. Basicamente a maioria de tudo que bebemos e comemos no dia a dia, desequilibram e (ou) reduzem o pH corporal.

O pH (potencial de hidrogênio) do sangue é 7,34 nas artérias e 7,4 nas veias. Uma água com pH mais baixo, ácida (4,5) possui mais moléculas de hidrogênio do que de oxigênio. Uma água com pH mais alto, alcalina (7,5) possui mais moléculas de oxigênio do que de hidrogênio.

O que é melhor para irrigar as células, hidrogênio ou oxigênio? O oxigênio é claro. Como é difícil a mudança e o controle da alimentação diária, sugerimos controlar a alcalinidade corporal através da ingestão de uma água de boa qualidade (alcalina), já que em média 70% do nosso corpo é água.

As pessoas não entenderem por que alguns tratamentos não dão resultados. A causa básica é porque há excessiva acidez corporal, gerando diminuição na resposta vital orgânica. Quando o pH do corpo não está alcalino, não consegue absorver bem as vitaminas, minerais e suplementos alimentares.

Concluímos que, ou as pessoas se preocupam em observar nos rótulos das águas minerais vendidas no mercado Brasileiro, se as mesmas possuem o pH ideal para consumo (entre 7,4 e 9,0), ou ficam a mercê da maioria dos microrganismos nocivos a Saúde.

Veja também o artigo:

Porquê beber água alcalina e fazer uma alimentação alcalina se tudo fica ácido no estômago?

benefícios da água alcalina

Referências

BAROODY, THEODORE A. Alkalize or Die (Alcalinize ou Morra). 9 ed., Washington, Editora Waynesville, N.C. : Holographic Health Press, 2006. 

CVEK, MIOMIR. Aug;24(4):379-87. Labor: Survival of 534 incisors after intra-alveolar root fracture in patients aged 7-17 years. (Trabalho: Sobrevivência de 534 incisivos após fratura radicular intra-alveolar em pacientes com idade 7-17 anos). Departamento de Odontologia Pediátrica, Instituto Eastman, Estocolmo, Suécia, 2008. miomir.cvek @ comhem.se

FUNDAÇÂO NACIONAL DA SAÚDE. Manual Prático de Análise de Água. Engenharia de Saúde Pública. Brasília: 2006. 

HAY, WILLIAM HOWARD. A new health era (A nova Era de Saúde). apud ASSIS, GERCILIO CAVALCANTE, 15 ed., New York, Editora Mount Pocono, Pa., Pocono Haven, 1993, 2000.

KODUKULA, PRASAD S., PRAKASAM, T. B .S., ANTHONISEN, A. C. apud MARION, JEFFERSON JOSÉ DE CARVALHO, Role of pH in biological wastewater treatment processes. (Papel do ph em processos de tratamento biológico de águas residuais). In: Bazin, MJ.; Prosser, J.I. W0Physiological models in microbiology, Florida, CRC Press Boca Raton 1988. Universidade de Marília, UNIMAR, S.P. Faculdade de Ciências da Saúde. Tese doutorado, 2008.

NOLTE, WILLIAM A. apud FRANKLIN, SHEILA DE LIRA Oral Microbiology (microbiologia oral). 8 ed., Saint Louis, Editora Mosby, 1977. UERJ, R.J., Dissertação de Mestrado, Enga. Ambiental, 2006. 

SCHAECHTER, MOSELIO, N. CARY ENGLEBERG, BARRY I. EI. Microbiologia Mecanismos das Doenças Infecciosas. 3 ed., Rio de Janeiro, Editora Guanabara Koogan, ISBN : 8527707144, 2002. 

WARGURG, OTTO HEINRICH. apud SORRENTINO, VICTOR Enzima e oxigenação celular e acidose celular como causa de câncer. Revista de pesquisa SCIENCE, publicação Vol. 137, nº. 3523, pp. 30-31, Julho de 1962. Artigo Scientific UFRS, 2012. 

Young, Robert O. The pH miracle (O Milagre do ph). 5 ed., New York, Editora New York, NY : Warner Books, 2002.

Young, Robert O et al. La milagrosa dieta del pH (A milagrosa dieta do PH). 1 ed., Barcelona, Editora Barcelona: Ediciones Obelisco, 2012.

Author: admin

Administrador do "Tema-Livre"

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*