A greve ainda é um instrumento viável na luta por conquistas?

Não é nenhuma novidade para mim que colegas da lida docente não acreditem mais no instrumento da greve. Muitos e muitas, em reuniões da categoria, levantam a mão contrários à greve, porque não conseguem enxergar nela possibilidade de ganhos efetivos e mudanças rápidas; questionam também os líderes, que já não são os mesmos, mostram-se sem criatividade política e cultural, alguns até muito desmotivados com tanta peleja.   Deixando...

Read More
A relação professor-aluno e o processo de ensino-aprendizagem: um desafio para a ação docente
Set15

A relação professor-aluno e o processo de ensino-aprendizagem: um desafio para a ação docente

[ad#osmarbraga] No presente artigo, busco refletir sobre uma questão central no processo de ensino-aprendizagem: a relação professor-aluno e o desafio da excelência da formação, considerando todas as suas dimensões. A centralidade da questão reside no fato de a mesma trazer à tona o desafio, nada fácil de enfrentar e resolver, da construção de relações de proximidade e empatia com os educandos, visando a garantir a excelência do...

Read More

Alguns problemas em torno da Práxis

[ad#osmarbraga] Introdução Esta síntese tem como objetivo partilhar as principais idéias da segunda parte da obra “Filosofia da Práxis” de autoria de Adolfo Sánchez VÁZQUEZ, mais precisamente da parte em que o autor discute “Alguns problemas em torno da práxis”. Esta segunda parte da obra está dividida em sete seções, das quais faço alusão a três nesta síntese (as três primeiras). 1ª. O QUE É A PRÁXIS Vázquez inicia esta seção...

Read More

Práticas de ensino: Concepções, objetivos e modalidades

[ad#osmarbraga] Consideramos que o processo e a prática de ensino, com suas concepções, objetivos e modalidades, são o principal objeto de estudo da Didática. Desse modo, não tem como discutir prática de ensino sem fazer referência à Didática e aos seus componentes, entre os quais está o ensino, objeto do presente texto. Este texto, pois, tem o intento de fazer uma reflexão sobre as práticas de ensino, destacando os elementos que...

Read More

Profissão Professor: Os saberes da docência e a identidade do professor

[ad#osmarbraga] Proponho-se neste texto refletir sobre a profissão do professor, destacando os elementos que caracterizam sua identidade e atuação profissional. Para alcançar o objetivo deste trabalho, entendo ser necessário, num primeiro momento, situar a questão da profissão do professor no contexto das transformações sociopolíticas e econômicas que impactaram fortemente a realidade e o contexto educacional brasileiro. Esse...

Read More
A formação do professor como professional reflexivo
Set13

A formação do professor como professional reflexivo

[ad#osmarbraga] No texto que ora introduzo, objetivo discorrer sobre a formação do professor como profissional reflexivo. Antecipo, desde logo, que tomarei o tema como dois pólos, sendo o primeiro a formação, e o segundo, o professor reflexivo. Pelo que se percebe, o segundo pólo depende do primeiro, pois é a formação que “produz” o professor reflexivo (ou não). Para desenvolver o tema, penso, pois, ser importante, como primeira parte...

Read More

Didática: Objeto de estudos e suas relações

[ad#osmarbraga] Este trabalho intenciona fazer uma reflexão sobre a Didática, destacando seu objeto de estudo e suas relações. Para tanto, entendemos ser necessário definir o que seja Didática e fazer uma breve contextualiação histórica desse ramo de estudo da Pedagogia O texto está, pois, estruturado segundo as seguintes partes: definição da Didática; contextualização histórica da Didática; o objeto de estudo da Didática e suas...

Read More

Olhos negros: uma visão sobre a África desconhecida

[ad#osmarbraga] Este texto não pretende defender nada, nem tão pouco argumentar um ponto de vista. Ele é apenas o movimento de um olhar que, olhando, quer descobrir o desconhecido, afirmá-lo dentro de si e na sociedade. Este texto é um percorrer sem ter a pretensão de chegar, porque o que é importante é sentir-se descobrindo, e, descobrindo-se, tomar consciência de si, de sua historicidade, ancestralidade e africanidade. Não tem como...

Read More