Até a Ciência confirma: antes só que mal acompanhado

Lembra daquele velho ditado: melhor estar só do que mal acompanhado? Pois é, agora ele tem comprovação científica. Um estudo publicado pela revista científica «Family Psychology» mostrou que é mesmo melhor ficar solteiro do que numa relação ’medíocre’, já que os relacionamentos estão intimamente ligados à saúde física e psicológica.

Para chegar a esta conclusão, estudiosos da Universidade de Buffalo (Nova York, Estados Unidos), ao longo de dois anos, acompanharam a vida de duzentos jovens que viviam num relacionamento, sem importar se era casamento ou outro tipo de relação íntima. Qualquer que seja o caso, um vínculo forte com o parceiro é sempre refletido na saúde.

Muitas pessoas acreditam que é sempre melhor estar em uma relação para não se sentir só, mas a realidade é que esta forma de pensar pode prejudicar seu estado de saúde. Os resultados mostraram que, quanto mais positiva e feliz o relacionamento, melhor é a saúde dos envolvidos. Segundo Ashley Barr, principal responsável pelo estudo, a falta de estabilidade nas relações está diretamente ligada à depressão, alcoolismo, e enfermidades em geral.

A mesma questão foi levantada pela revista científica ’Psychosomatic Medicine’ , chegando a resultados concretos. Por exemplo, a pessoa que briga constantemente com o parceiro corre um risco 8,5% maior de sofrer de doenças cardiovasculares do que quem é feliz em sua união.
Moral da história: se o relacionamento vai bem, ótimo. Mas, se não vai, pense seriamente nas consequências disso para a sua saúde.

antes só que mal acompanhado

Fonte: veja.abril.com

Author: admin

Administrador do "Tema-Livre"

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*