Abordagem Holística – Um Ser Humano completo

Vivemos tempos difíceis , em que negar esta evidência seria perpetuarmos a ilusão.

Habituámo-nos durante décadas a um consumo desenfreado e a um culto do materialismo que nos levou ao caos emocional.

Comprimidos químicos e receitas já não satisfazem nem o Ego nem a Alma.

Porque o ser reinvindica a sua existência e dentro de nós há uma secreta intuição que nos permite expressar o desconforto como se corpo e mente se unissem para dizer que algo vai mal.

É neste sentido que a abordagem holística faz sentido e se revela a mais saudável saída para o problema existencial do século.

Existem inúmeras terapias que devolvem ao indívidúo memórias que curam , afectos perdidos que o fazem reeencontrar-se e sentir a plenitude do seu Eu.

A Psicoterapia e a Psicanálise têm o seu lugar , apenas como penso rápido e curativo.

Aprenda o que quiser. Milhares de cursos incríveis para escolher.

O Homem terá que se voltar para dentro porque só dentro de si estão as respostas.

A práctica da Meditação , o Reiki, a Aromoterapia ,alguns sistemas de Alinhamento de Chacras, a Cura através so Som , a Cromoterapia, são algumas terapias naturais e alternativas verdadeiramente eficazes comprovadas por milhares de pessoas em todo o mundo que se redescobriram através do auto-conhecimento , no lidar das suas emoções e na aceitação e compreensão do propósito causador de suas maleitas físicas.

A doença surge como o sinal de stop, derradeiro indicador que muito antes , no processo do indíviduo, algo não foi lidado nem alvo da devida atenção.

Neste sentido a terapia transpessoal, ao dar ao indíviduo as ferramentas de encontro consigo próprio, a redefenição da sua posição cósmica , planetária social , familiar e comunitária , presta verdadeiro serviço á Evolução e Cura, pois o ser vê legitimadas as suas necessidades e deveres no conjunto maior desse amplo sistema a que um dia alguém chamou…Ser Humano.

Author: Catarina7

Share This Post On

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *