A influência das algas japonesas nos países ocidentais

[ad#admin]

Nos vários países ocidentais a descoberta deste tipo de alimento é um tanto recente, e elas possuem uma alta concentração existente de sais minerais que sendo combinados com uma presença de beta carotenos é uma ótima e eficaz armas contra todos os radicais livres que geram um envelhecimento da pele e dos órgãos.

É possível se encontrar o produto na maioria das lojas de produtos orientais e também em supermercados, você poderá encontrar diversos tipos de algas comestíveis diferenciadas. e das várias espécies que existem as mais consumidas são as algas de nori, a konbu, a hikiju e também as algas de wakame. Esta que é utilizada exclusivamente para enrolar o arroz do sushi, esta é uma das algas mais conhecidas e mais fáceis de encontrar.

Como são comercializadas as algas no mercado

No mercado as algas são comercializadas de forma desidratada como a maioria das altas e conta com um aspecto diferenciado de folhas finas de papel. Por ter um sabor relativamente forte a alga konbu é utilizada em caldos e ainda sopas. Já as algas de forma hijiki tem uma aparência bastante semelhante as pequenas raminhas e ainda é ideal para os risotos.

Além disto a wakame por sua vez é preparada para a fabricação de sopas de missô ou ainda como saladas. Este tipo de alga é bastante versátil e tem feito grande sucesso também principalmente entre as pessoas que são vegetarianas.

Além disto temos também um pó obtido através de folhas desidratadas, o chamado kanten, ou ágar-ágar, este que poderá ser misturado na água e ainda pode ser utilizado como um bom substituto das gelatinas de origem animal. Este tipo de alimento é bastante saboroso e a gelatina de algas é menos calórica, uma excelente alternativa para quem quiser comer bem sem que precise engordar.

As algas fazem muito bem para a saúde

Apesar de serem minúsculas as algas marinhas são compostas por mais de 60% de proteínas o que é um percentual maior do que o que é encontrado na soja e também na carne vermelha.

[ad#admin]

Author: luizadias9

Share This Post On

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *