5 passeios inesquecíveis na Ásia

Pelo tamanho do continente asiático dá para imaginar a variedade do que pode ser vivido em uma viagem para conhecer alguns dos países que compõe a Ásia. Que tal juntar em uma só experiência várias cidades e o que elas tem de melhor? Seguem 5 passeios imperdíveis  e que ainda não são tão comuns ou conhecidos. Vale para os aventureiros de plantão, para quem busca uma lua de mel diferenciada ou apenas para quem busca destinos atípicos.

1 – Peking, China – Um dia no Jardim de Verão

É um imenso complexo de palácios, jardins com um lago artificial no centro, o Lago Kunming está tão bem integrado à paisagem que para o turista mais desavisado parece natural. É um jardim imperial, construído por volta de 1750. Era o oásis para os imperadores chineses de várias dinastias durante o verão.
É lá que você vê o Longo Corredor, tem 728 metros. Uma bela estrutura de madeira cobre o corredor, toda pintada à mão, traz imagens de flores, pássaros e paisagens, uma verdadeira obra de arte. No Jardim de Verão há por toda parte ainda, vários prédios, pequenos palácios e jardins, todos ao redor da Colina da Longevidade. Entre os templos há o Templo da Virtude Budista, com 60 metros, oferece uma bela vista com o lago no fundo do cenário.
Não deixe de fazer um passeio no barco Dragão, desta maneira é possível ver e fotografar a ponte dos Dezessete Arcos e a Ponte Cinco de Jade, destaques da arquitetura local também.

2 – Xian – Passeio pelo bairro muçulmano

É bem peculiar estar na China e observar os chineses que adotaram o islamismo, uma parte de Xian é dedicada as tradições e culturas desse povo. O bairro fica no centro, ao redor da Torre do Tambor. Lá há inúmeras mesquitas, algumas abertas a visitação, e um grande movimento comercial, com comidas típicas além de artesanato. As ruas estão sempre cheias de locais e estrangeiros e a atmosfera é o grande destaque desse passeio, provar os sabores é o grande segredo para adentrar no clima.

Aprenda o que quiser. Milhares de cursos incríveis para escolher.

3 – Tibete – Explorando a beleza de Lhasa

Desde a invasão em 1950 o Tibete está sob o domínio da China. A capital tibetana, Lhasa, em sua parte mais tradicional e construída com a força da cultura local é o que mais chama atenção dos visitantes. Bem no centro dela, é possível viver e provar tudo o que foi erguido pelos tibetanos, na praça Bakhor é onde se concentra a arquitetura e a demostração da fé dos locais. Ainda na praça há vários queimadores de incensos, os sangkangs.
O templo Jokhang é aberto ao público, dentro dele você presencia a devoção dos tibetanos nos coloridos da decoração, das velas, das rodas de oração, dos incensos que decoram o ambiente. Monges budistas caminham cantarolando suas preces em meio aos visitantes.

4 – Nepal – a maior estupa

Um pequeno país asiático entre o Tibete e a Índia, o Nepal tem muito a oferecer. Contrastando com a pobreza do país, há um imenso legado cultural e histórico secular. A estupa Bouddhanath é dos destaques, trata-se de uma das maiores estupas do mundo e centro de peregrinação dos budistas. Tem 36 metros de altura e 120 de diâmetro, foi construída bem no centro de uma praça há poucos quilômetros de kathmandu.

5 – Nepal – a beleza de sua capital Kathmandu

A capital do Nepal é um verdadeiro sítio histórico, composto por centenas de templos, palácios e antigas construções que contam capítulos das dinastias e impérios que dominaram o país. Todo o conjunto é chamado de Vale do Kathmandu, conheça a Praça Kathmandu Dubar onde se concentra parte das construções. Outra praça, a Bhaktapur Durbar, possui os templos: Bhairava Nath, Vatsala, Nyatapola, além do Portão de Ouro e do Leão.

Author: Vanessa Queiroz

Share This Post On

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *