2° turno das eleições em Fortaleza

[ad#admin]

Na última eleição de Fortaleza, para o segundo turno, muito recentemente, foram dois candidatos que não agradaram muito nas redes socais: Elamo e Roberto Cláudio. É interessante como dois candidatos até então desconhecidos pelo grande público, chegam ao 2° turno de uma eleição em uma cidade como Fortaleza. A única explicação para isso, seria a força dos partidos que apoiam cada um, mesmo tendo várias denúncias contra os dois, inclusive um deles é acusado de nepotismo e acumulo de cargos. Bem, muito se cogitou sobre a anulação das eleições, porque um dos candidatos aclamados pela população ficou a 2% de ganhar e ir para o 2° turno, mas foi prejudicado pelas pesquisas de opinião de uma certa empresa de publicidade que inclusive, após as eleições, confirmou o erro. A partir disso, começou uma comoção geral sobre a possibilidade de se anular essas eleições…bem, não é bem assim que a “banda toca”:

Se não quer voltar, anular o voto, direito, seu — mas ficar iludindo as pessoas que irá acontecer outra eleição, é uma postura questionável. Em democracia, mesmo numa democracia capenga como a nossa, onde o poder econômico e a máquina pública têm influência, perdeu, respeita-se a vontade das urnas. As pessoas votam num candidato por vários motivos, dos mais nobres aos mais vergonhosos, mas a decisão delas tem que ser respeitada. Ficar chamando os outros de “burros”, “alienados”, “vendidos” e num mais o que publicamente, é um sinal de elitismo e de conhecimento social da profundidade de um pires. Parem de ver o povo, especialmente da periferia, como ingênuo. Desde quando Deus concedeu a você o grau de ser o dono da verdade? Então, hora de parar o choro e respeitar o que a maioria decidiu. Em jogo, alerto, está muito mais que a escolha do prefeito da cidade. Desgraçadamente decide-se nesse pleito o futuro do Ceará e da própria democracia local. Basta analisar as conjunturas para entender o que quero dizer.


Author: naldoescritor

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*